Chrome 33 bloqueará extensões fora da Chrome Web Store

Chrome 33 bloqueará extensões fora da Chrome Web Store

De acordo com o Google, o Chrome 33 protegerá os usuários de extensões maliciosas. A partir da próxima versão do seu navegador, a empresa promete bloquear a instalação de add-ons que não estejam na Chrome Web Store.

Atualmente, é possível baixar uma extensão disponível em outro site e instalá-la no browser do Google. Isso abre brechas para a instalação de códigos suspeitos que podem comprometer a segurança do usuário ao navegar usando o Chrome. O navegador possui avisos que alertam o usuário ao baixar programas e ao tentar instalar add-ons, mas os desenvolvedores já encontraram uma maneira de contornar essas regras.

Assim, para aumentar a segurança dos seus usuários, a versão 33 do Chrome aceitará somente extensões disponíveis na loja oficial. Além disso, quem atualizar o navegador também perderá o acesso a todos os add-ons não encontrados na Chrome Web Store.

A novidade é apresentada como uma medida de segurança que visa proteger os usuários, mas também pode ser interpretada como uma estratégia do Google para atar os desenvolvedores à Chrome Web Store. Assim como a Apple, o Google tenta criar um ecossistema mais fechado, só que isso também significa menos liberdade para o usuário.

Independente das verdadeiras intenções do Google, o fato é que bloquear o acesso às “extensões não oficiais” certamente garantirá mais segurança e menos abertura para a entrada de softwares e códigos maliciosos via navegador.

[Fonte: Google Chrome]

Acompanhe o Softonic nas redes sociais: curta a fanpage do Softonic no Facebook e siga @softonic_br no Twitter.

  • Link Copiado!
Carregando comentários